Arquivo do mês: janeiro 2009

O ótimo Patativa

No mundo do cordel fala-se muito mais em Leandro Gomes de Barros, João Martins de Atayde ou Rodolfo Coelho Cavalcante do que em Patativa do Assaré. Acho que pelo fato dele ser mais novo que os dois primeiros e de … Continue lendo

Publicado em No cordel | Deixar um comentário

Sem órfãos

Ex-Padim Ciço, eu queria (já que não lhe vi no Céu), através da poesia populista de cordel, enxergar o que eu não via: o “milagre” do chapéu, e outras mentiras suas, e boatos de romeiro, lá de Crato e Juazeiro, … Continue lendo

Publicado em No cordel | Deixar um comentário

Mais quatro cordéis

O primeiro é Maestro Cascudo, de Gonçalo Ferreira e vertido para o Espanhol. Ao lado, Oswaldo Cruz, do mesmo autor. Embaixo à esquerda a história de Vasco da Gama no descobrimento das Índias, escrito por mim, e por último A … Continue lendo

Publicado em No cordel | Deixar um comentário

Precisamos de alguém que nos ouça. E depois assine.

Com apenas uma assinatura no link abaixo você poderá tornar mais fácil a vida de muitos deficientes auditivos. http://sulp-surdosusuariosdalinguaportuguesa.blogspot.com

Publicado em Artes plásticas, Criação, No cordel, Qualquer coisa, Xilo | Deixar um comentário

Antonio Silvino

Xilo para o cordel A Vida Criminosa de Antonio Silvino, de Gonçalo Ferreira. Como calçados este cangaceiro usava uma espécie da sapatilha de lona, mas sua vestimenta não era tão Lampionesca quanto esta, era mais simples um pouco. Confesso que … Continue lendo

Publicado em Xilo | 2 comentários

Estórias, estórias e mais estórias

Publicado em No cordel | Deixar um comentário

Raspas e restos me interessam

Publicado em Artes plásticas | Deixar um comentário

Largo da Carioca

Técnica da matriz perdida. Depois de imprimir o preto por cima do vermelho na primeira ilustração, fiz esta cópia no papel branco.

Publicado em Xilo | Deixar um comentário

Maísa. Ou será Maysa?

Aproveitando o embalo da minissérie da TV Globo, vai aqui a capa de uma Sétimo Céu datada de 1960. Na revista é Maísa, na minissérie é Maysa. A estória da revista é uma adaptação de Mary Lee. Se foi adaptação … Continue lendo

Publicado em No cordel | 1 comentário

Um verdadeiro tratado

Algumas pérolas que escaparam do interior do folheto: Peida o Papa em Roma peida rei e a rainha o ministro e o presidente até o chefe da marinha e o das forças armadas a mulher dele e a minha. Peida … Continue lendo

Publicado em No cordel | Deixar um comentário