Arquivo do mês: novembro 2008

J. Borges, Jô Oliveira e Bule-Bule

Dei um pulo na V Feira Nacional da Agricultura Familiar e Reforma Agrária para ver J. Borges, e de quebra conheci os outros dois. Foi uma tarde inesquecível. São verdadeiras figuras embebecidas de cordel. Ganhei de presente uma matriz desenhada … Continue lendo

Publicado em No cordel | Deixar um comentário

É um gozador

José Pacheco era. Cordelista humorado, fez esta e outras pérolas para o bem da literatura de cordel.

Publicado em No cordel | 1 comentário

Afiando a goiva

Em vez de empurra-la para frente e para trás, faça o movimento da esquerda para a direita e vice-versa, numa pedra de amolar (se estiver bem cega) ou na lixa d´água, sempre como último acabamento. Enquanto movimenta, gire-a, como mostra … Continue lendo

Publicado em Xilo | Deixar um comentário

Jackson Pollock?

Publicado em No cordel | Deixar um comentário

O corte

Uma vez um professor disse: borracha também é lápis. E o corte numa foto ou num quadro é tão essencial quanto o próprio. Modelo: Ciclope, ou Lucas mesmo.

Publicado em Artes plásticas | Deixar um comentário

Morar mais por menos

Ambiente: Lais Pasqualette Quadro: J. Victtor http://www.morarmais.com.br/riodejaneiro/rj_08/#

Publicado em Artes plásticas | Deixar um comentário

Lápis jararaca

Xilo para a capa da 15ª Antologia Brasileira de Literatura de Cordel que sairá brevemente.

Publicado em Xilo | Deixar um comentário

De calça curta e chinelo

é o título do cordel de Antonio Francisco e que levará esta xilo na capa. Dos cordelistas que conheço, é o mais metafórico. Suas estórias se passam em ambientes utópicos e repletos de imaginação, quase um conto de fadas. Nessa … Continue lendo

Publicado em Xilo | Deixar um comentário

O sal nosso de cada dia

Xilogravura para o cordel do título, de Luiz Antonio, a ser editado pela Queimabucha.

Publicado em Xilo | Deixar um comentário

Everybody think he is crazy

Semanas após assistir Loki, filme sobre Arnaldo Batista e dirigido por Paulo Henrique Fontenelle, ainda sinto-me sob o efeito lisérgico do mesmo. Sensacional. Arnaldo é um músico ímpar, e diferente de cem entre cem músicos de rock, executa suas potentes … Continue lendo

Publicado em Qualquer coisa | Deixar um comentário